Anestesia 5.0: o principal evento brasileiro de inovação em anestesiologia



A Anestech irá promover no dia  4 de dezembro, a quarta edição da “Anestesia 5.0”, o principal evento brasileiro de inovação em anestesiologia que integra saúde e tecnologia. Este ano ele acontecerá de forma híbrida, on-line e com vagas presenciais limitadas.

O evento estará em novo formato, que contará com painéis de discussão com os principais agentes de transformação do setor. Uma experiência incrível, direto da Ilha da Magia e da Inovação!

A “Anestesia 5.0” é exclusiva, com apenas 50 vagas presenciais (respeitando todas as normas da Covid-19), em estúdio amplo e equipado da Fábula (CFL Square Corporate).

O hotel oficial é o WK Home Design, em Florianópolis -SC, com programação de lazer à parte para inscritos presenciais.

Além de conteúdos exclusivos e inovadores abordados nos diversos painéis, o evento contará com um Happy Hour de chegada no hotel e pós evento, ao pôr do sol no estúdio, para os participantes presenciais. E muito network, experiências, futurologia, natureza e sofisticação para todos!

 

O evento

No palco principal os assuntos abordados serão: Saúde Digital, que contará com ricas discussões com os maiores players do mercado, que desenvolvem soluções para o futuro da saúde; Transformação Digital, um olhar sobre o presente: as dores e as vantagens de ser pioneiro na transformação digital da anestesiologia, com gestores à frente do mercado; e Performance Perioperatória, onde os palestrantes falarão sobre a semelhança entre os Anestesistas e os pilotos, já que ambos prezam pela alta performance, qualidade, precisão e segurança!

Já no palco virtual (materiais gravados antecipadamente) serão apresentados seis Cases, com depoimentos e apresentações de sucesso na saúde com uso de tecnologia, ciência, inovação e análise de dados; além do MAR (Moment Anestech Release), onde será discutido uma abordagem de 2021 para o futuro da anestesiologia pelas lentes da Anestech Innovation Rising.

 

Palestrantes confirmados:

  • André Carnevali – Anestesiologista, Diretor Administrativo da Coopanest Espírito Santo;
  • Bodo Wiegand – Empreendedor e Hospital Management na Phillips Internacional;
  • Bruno Lagoeiro –  Empreendedor, Inovador, CEO e Fundador da Pebmed;
  • Claudio Giulliano –  CEO da Folks, empresa parceira premier HIMSS.
  • Diogo Mayorka –  diretor de operações da Anestech Innovation Rising;
  • Enis Donizete –  anestesiologista e Criador do PAR (Paciente de Alto Risco);
  • Fábio Feltrim –  Anestesiologista, Empreendedor e Fundador da Volan App;
  • Fábio Tiepolo –  Empreendedor, Inovador, CEO e Fundador da Docway;
  • Felipe Bittencourt – Cirurgião Plástico e Piloto de SuperBike;
  • Giovanni Targa – Head de Oncologia do DASA, Conselheiro da Liga Paranaense de Combate ao Câncer;
  • Istvan Camargo – Líder de inovação no SkyHUB – SABIN;
  • Ney Paranaguá – Sócio da Maida.health;
  • Paulo Rades –  Especialista em Medical Devices Integration e Interoperabilidade de Dados através dos Padrões HL7, pela InterOpera Health Connected.
  • Raquel Wolf – Especialista em ESG na CasaWolf;
  • Ricardo Bretas – Anestesiologista e Coordenador do Serviço de Anestesiologia do Complexo Hospitalar de Niterói;
  • Roberta Torquato – Especialista de Qualidade e Segurança do Paciente;
  • Tamiris Soares – Anestesiologista e Digital Influencer
  • Victor Gadelha –  Head de Inovação na Rede DASA.

 

Por que Anestesia 5.0?

O mundo está em constante evolução e na área da anestesia, que envolve a ciência,  medicina e tecnologia, não é diferente.

Foram 90 anos de evolução entre a anestesia 1.0, onde ocorreu a primeira demonstração de anestesia em público, até o controle da ventilação dos pacientes, na era 2.0.

Para a era dos devices, na anestesia 3.0, foram 50 anos e a era dos dados, com anestesia 4.0, chegaram 30 anos depois. O salto para a anestesia 5.0 se deu em apenas seis anos.

 

Histórico

Anestesia 1.0 – Em 1846, a primeira demonstração de uma anestesia em público feita pelo Willian Thomas Green Morton para uma plateia em Massachusetts General Hospital, o éter para efeito anestésico.

Anestesia 2.0 – As epidemias de Poliomielite, da década de 1930, forçaram a medicina adotar novos equipamentos para ventilação controlada dos pacientes, que foram imediatamente modificadas e adotados pela anestesia, para uma ventilação sob pressão positiva e mais controle pelo anestesiologista. Foi desenvolvido o chamado pulmão de aço, um cilindro com dois motores que cobria o corpo deixando só a cabeça de fora.

Anestesia 3.0 – Na década de 1980, com o surgimento dos microchips, houve a evolução dos circuitos lógicos, que possibilitaram a entrada de monitores na sala cirúrgica, como: o cardioscópio, o oxímetro, o capnógrafo, o sensor de nocicepção e o BIS. É a era dos devices médicos.

Anestesia 4.0 – A partir de 2015, intensificou-se o uso de ERPs em saúde e plataforma de business intelligence. Onde dados do point of care são usados em painéis de indicadores para auxiliar na gestão, análise assistencial e nas certificações de acreditação. Tudo isso graças a tecnologias como big data, inteligência artificial, robotização e predição. É a era dos dados.

Anestesia 5.0 – Agora com grande volume de dados anestésicos parametrizados e estruturados, o aprendizado de máquina possibilita a criação de uma capacidade preditiva, apoio a tomada de decisão, close the loop, análise de riscos, anestesia alvo controlada, personalizada e fiel. Na Anestesia 5.0 vemos uma inteligência digital pronta para ajudar sempre que for necessário.

E assim, o Anestesia 4.0 passa a se chamar Anestesia 5.0, o principal evento brasileiro de inovação em anestesiologia.

 

A Anestech

 A Anestech é uma startup que desenvolveu um software para anestesiologistas, com o intuito de otimizar os procedimentos cirúrgicos e salvar vidas dentro do hospital.

Dedicada a inovar, a Anestech usa a tecnologia e informação para anestesiologia, incrementando a segurança dos pacientes, a gestão de riscos e controle de eventos adversos em momentos onde é exigido tomadas de decisão imediatas.

Ajudando pacientes e profissionais em momentos críticos, fazendo a integração, rastreamento, análise e entrega de dados em tempo real, através de business intelligence em nuvem de dados e aplicações dedicadas para mobiles na sala de cirurgia.

Hoje, a Anestech é referência em tecnologia e inovação em anestesiologia e impacta o dia a dia de mais de 2000 anestesiologistas no Brasil e no mundo.

 

Programação

03/12 – Participantes Presenciais

  • Recepção Happy hour

 

04/12 – Anestesia 5.0

  • 09h – Networking da Saúde + coffee [Participantes presenciais]
  • 09h45 – Abertura
  • 10h – Painel: Saúde Digital
  • 11h30 – MAR
  • 12h – Intervalo Almoço
  • 13h30 – Painel: Transformação Digital
  • 15h – Cases
  • 16h – Painel: Performance Perioperatória
  • 17h – Encerramento
  • 17h30 – Happy Hour Final [Participantes presenciais]

 05/12 – Participantes Presenciais

  • Dia livre

 

Clique aqui para garantir seu ingresso!


           
Posts relacionados